O mundo do avesso

Autor: Ana Anes
Ana Anes passou pelas licenciaturas de Engenharia de Materiais e de Relações Públicas e Publicidade. Não acabou nenhuma. Colaborou com o Dna, com o Expresso, com o Correio da Manhã e com o defunto Independente. Também fez rádio. Actualmente é assessora da Câmara de Sintra -pelouro da Cultura- e escreve no blog www.je-suis-snob.blogspot.com
Quando lhe pedi uma nota curricular, afirmou que tinha nascido com o”cordão umbilical bem preso no pescoço” e que por isso se considera uma alegre sobrevivente. Para além do mais, pediu-me que explicasse que não se leva a sério e que o seu lema é “see the ball, be the ball”. Ok. Fica o texto.

6_wus_world_panel.jpg

O mundo do avesso

360º graus não chegam para descrever o quão virado do avesso está o nosso “pacato” planeta azul. A rotação inverteu-se há muito tempo e não é preciso muito para perceber a que ponto e já vão perceber porque razão, um dia destes, temos de começar a pedir boleia aos extraterrestres da série “Taken” direitinhos a um planeta mais são do que este (Há? Há? Digam-nos!). Noticias fresquinhas da terra do Fujimori dizem-nos que, o (até então) sábio povo japonês, decidiu incluir no seu calendário o dia do “António Cruz”, aka, Tom Cruise, o recém-despedido da Paramount ( Brad Pitt agradece), que, graças a tantos achaques de Cientologia, saltos em tudo o que é sofá de talk-show, partos sem gritos com placenta e cordão umbilical como “postres”- como dizem nuestros hermanos- lhe valeu o rótulo de louco na América (nota: para os americanos rotularem um ídolo destes de doido, vejam bem, o quão do avesso está o mundo! É caso para dizer, “diz o roto ao nú”.) Por isso, e graças ao “O último Samurai” e às inumeras visitas que o parolo de “Top Gun” fez à terra do Tamagoshi, ei-lo taco a taco no dia 6 de Outubro com Buda ( esse,o da decoração da “ Loja do Gato Preto” a preços baratos, o tal que precisa de descruzar as pernas e fazer uma dieta de Xenical) e do próprio Imperador. Depois, uma noticia que prova que a rotação da terra voltou à normalidade e já podemos dormir descansadinhos: A Mme. Osbourne, apresentou, na semana passada um programa de televisão do canal britânico ITV-imaginem- embriagada! A desculpa é simples e perfeitamente compreensível- a senhora fez 54 anos e pois claro que festejou com uns copitos- que em casa dos Osbournes água só nos canos- e, depois, pimba!, lá foi ela, apresentar um programita depois de ter bebido sabe lá Deus o quê e em que quantidade ( ps: consta que é preciso uma adega para embebedar qualquer membro da familia Osbourne). Coisa normal. Tão normal, que, no auge da loucura, Sharon começou a rir e disse aos telespectadores: “Desculpem estar bêbada, mas é o meu aniversário”. Normalissimo. Eu, antes de fazer o meu antigo programa de rádio bebia 3 copitos de 1920, já para não falar do que punha na mousse de chocolate, porque Natal e Aniversários são quando uma pessoa quiser, por isso o melhor é fazer da vida uma continuidade de datas marcantes ,de preferência, antes de darmos a cara, a voz e o corpo. Talvez fosse por isso que o programa se chamava “O Corpo é que paga”. Sincronicidades, como dizem as minhas amigas dos círculos esotéricos! E termino esta prosa com informação exotérica, crucial na vida de celibatárias felizes como eu: As gigantescas cuecas usadas por Renée Zellweger n’ «O Diário de Bridget Jones» estão a ser leiloadas no eBay. Ora, se para alguns, o filme de culto é “Citizen Kane” ou “Breakfast at Tiffanny’s”, para mim é o clássico em que a chubby- hubby da “Bidjit” diz ao borrachão do Mark Darcy que procura um homem que goste dela “ just as I am”. As minhas cuecas são ligeiramente mais pequenas, não estão autografadas (por enquanto) pelo Hugh Grant a dizer “ Olá mamã” e são, espero, mais sexy’s, mas a Briget Jones é o Oscar Wilde do século XXI. Porque, como diz o slogan da L’Óreal “Nós merecemos”. Pessoas divertidas e com imperiais doses de loucura. Sejam Bridgets, Sharon’s ou Wildes. Or, for that matter, eu.

Sobre Joana Amaral Dias

QUARTA | Joana Amaral Dias
Este artigo foi publicado em cinco dias. Bookmark o permalink.

2 respostas a O mundo do avesso

  1. Onde? diz:

    Ninguém consegue ler o texto DAS TOURADAS E DO ABORTO.

  2. xatoo diz:

    mais uma estrangeirada.
    que somos uma colónia, já o sabíamos,,,

Os comentários estão fechados.