Cristiano Superstar

O autor:
André Murraças

Nasceu em 1976. Estudou Cenografia, acabando com Distinção o Master of Arts in Scenography da Hogeschool voor de Kunsten, em Utrecht, Holanda. Na área da escrita frequentou seminários com Jorge Silva Melo, David Harrower e Roxana Silbert. Na área da performance teve formação com William Forsythe, Thomas Lehmen, Jan Ritsema, Bojana Cvejic e Rebecca Schneider.

Foi intérprete, cenógrafo e dramaturgo de Um Marido Ideal, Pour Homme, Swingers, as peças amorosas e as palavras são o meu negócio/words are my business. Escreveu ainda Os Inconvenientes. Publicou as peças O Espelho do Narciso Gordo e as peças amorosas, estando também incluído na colectânea Jovens Escritores ´03, todas elas editadas pela 101 Noites. O seu texto Túlipas está publicado no número um da revista BASE.
Cristiano Superstar
cristiano_superstar1.jpgHá uns meses atrás, no dia em que foi feita a mais bela bandeira do mundo, a Denise, de 15 anos, voltou do Estádio do Jamor extasiada com a experiência. A caminho de jantares diferentes, eu e ela trocámos algumas ideias sobre o ídolo. Ela ainda tinha um lenço vermelho à cintura. Eu, embora não tivesse ido à concentração, levava vestida a minha camisa da Selecção, que por acaso até tem o número 17 do Cristiano Ronaldo nas costas. Pelo caminho ela conta-me que houve um momento, um momento durante aquela tarde quente, durante a visita da equipa ao Estádio, em que o Cristiano lhe sorriu. Eu pergunto-lhe a brincar se ela se importaria se o Cristiano fosse gay. Ela responde-me, indiferente: “Não fazia mal. Eu gosto dos gays.”

cristiano_superstar1.jpgCristiano Ronaldo corresponde totalmente à minha queda para o pop e ao meu supérfluo deslumbramento por figuras masculinas de aspecto marcadamente chunga. Coisa garota, eu sei. Mas, para este corrente artigo, interessou-me antes perceber porque desperta o Cristiano tanto fascínio por entre a camada teen feminina. Durante o Mundial foi o que se viu. Se havia entrevistas na televisão às fãs da Selecção, era a ele que escolhiam. A publicidade preferiu-o a outros jogadores. O puto maravilha esteve e está por todo o lado. Há até um dedicadíssimo site: www.cristianosantosronaldo.blogspot.com, da autoria de um grupo de raparigas devotas, acompanhando-o nos jogos e na imprensa. Mas estas miúdas não se ficam por calorosas manifestações cada vez que o rapaz aparece. É certo que há wallpapers e fotos para todos os gostos e os comentários são autênticas declarações amorosas. Mas este grupo segue-o no campo e nas entrevistas, partilha vídeos encontrados na Internet e comenta as suas jogadas no relvado. A dedicação é total. Andava eu por estes lados mais adolescentes, quando leio numa entrevista do miúdo que o facto de ser considerado um “ícone gay” o incomodava. Isto levou-me a outro target de fanáticos – os gays. Coleccionam as inúmeras produções de moda com o Cristiano em tronco nu, seguem a novela das supostas tentativas de violação da jovem rapariga inglesa, o caso das fotografias transvestido e, claro, o actual romance – agora em fase de separação. Sabem tudo. Há suspiros, alcunhas que se dão ao jogador e também manifestações contra as injustiças cometidas durante os jogos.

cristiano_superstar1.jpgConfuso com as reais motivações dos dois grupos em relação ao rapaz, procurei saber mais junto de quem o conhece bem. A Sara tem 16 anos. É “loka pelo número 17”, como ela própria se descreve. Para ela, o jovem futebolista é um exemplo para todos, porque vem de um meio humilde e venceu. “Isso ensina-nos a perseguir os nossos sonhos.” O aspecto físico do Cristiano ajuda à loucura saudável da Sara. Garante ter o quarto forrado com cartazes e um autógrafo roubado no aeroporto. Sabe todos os golos que ele marcou e é a primeira a zangar-se quando ele tem ataques de mau feitio nos jogos. “Ele é lindu, lindu, lindu!”, escreve-me num e-mail. Já a Helena, um pouco mais velha e desiludida com o futebol, mas acompanhante da Selecção, dava-lhe a volta ao style. E quanto ao comentário sobre a diversidade de fãs, Helena diz: “Eu li… Ele disse que preferia ser um ícone hetero. Vejo mais esse comentário vindo de um puto que preferia ser (só) adorado pelas miúdas e que deve ser um pouco gozado pelos amigos “machos”. Míudas e gays… ele tem tudo!!!! E acreditando na máxima da Samantha do Sexo e a Cidade, o Cristiano é um exemplo do sucesso global. Segundo ela: “primeiro os gays, depois as mulheres e, por último, o mundo”.

cristiano_superstar1.jpgSerá? A maioria dos gays com quem falei acha realmente que o Cristiano Ronaldo está na galeria dos mais engraçados da Selecção. E quando confrontados com a pergunta se o rapaz é um pouco “chunga”, o Marcelo, de 32 anos, até nem contesta: “Chunga. E insuportavelmente gostoso, o que não quer dizer o mesmo que bonito!” Marcelo também acha que alguém devia ensinar ao miúdo o significado de “ícone”. Por aqui, ainda há quem defenda o súbito e exagerado mediatismo: “Porque é o mais giro e o Figo já está gasto.”, diz o Joaquim. Se é o físico que prende alguns aos jogos e às revistas, outros há que o seguem pelas outras mesmas razões que algumas raparigas. O Miguel, de 25 anos, é do Sporting e não perde um jogo com o Cristiano, quando joga a Selecção. “Ele é uma fonte de inspiração. É muito giro, muito mesmo. Mas também tem aquela história de vida que é inspiradora para muitos jovens. Tipo Cinderella.” O salto para a fama não convence todos. O Carlos acha que: “os portugueses, saloios como somos, comparamos logo o rapaz ao Beckham. E o Cristiano está a caminho de se tornar insuportável.”

cristiano_superstar1.jpgQue mistura perigosa de “chunga/macho/metrossexual” é esta que tanto seduz o Paulo? Possivelmente a mesma que leva a Mariana de apenas 14 anos a dizer que é a namorada que o Cristiano nunca teve, ou aquela que fascina “até os heteros”, como diz o João.

O desempenho e o físico de Cristiano Ronaldo são adorados e idolatrados com as mesmas medidas. Conclui que ambas as partes partilham uma só paixão. A paixão tem um nome em honra de Cristo e um apelido em homenagem a Ronald Reagan, em quem os pais insulares também acreditavam.

Um agradecimento especial à Sónia da Ronaldonewsteam pela foto exclusiva de Cristiano Ronaldo.

Sobre Joana Amaral Dias

QUARTA | Joana Amaral Dias
Este artigo foi publicado em cinco dias and tagged , . Bookmark the permalink.

Uma resposta a Cristiano Superstar

  1. smami diz:

    parabens e sede sempre simples paea seres feliz verdadeiramente!

Os comentários estão fechados.